ESCALAVRADO – TERESÓPOLIS

(PARQUE NACIONAL SERRA DOS ÓRGÃOS)

O ESCALAVRADO é uma montanha dentro do Parque Nacional da Serra dos Órgãos. E uma das montanhas mais procuradas do Brasil por trilheiros, escaladores e excursionistas.

Fica na região de Guapimirim e Teresópolis, tendo sua melhor visão do Mirante do Soberbo.

O ESCALAVRADO junto com Dedo de Nossa Senhora, Dedo de Deus e Cabeça de Peixe formam uma cadeia de montanha fantástica.

O mais dessa subida é que boa parte dela é feita no dorso da montanha, passando as vezes por algumas arestas estreitas e desafiadoras para os que tem medo de altura. Pois o Escalavrado tem o formado de uma “pirâmede de duas faces” com precipícios para ambos os lados. Toda a subia é realmente majestosa todo o tempo, propiciando uma visão espetacular de toda a região, inclusive da cidade de Teresópolis e do Rio de Janeiro.

Veja como é a subida do Escalavrado

(Veja todos os trechos e como subir)

Primeiro trecho

(Trilha do Escalavrado – Início da trilha)

O primeiro trecho da trilha do Escalavrado já começa por um trepa-pedra meio escorregadia, que é o fluxo da água quando chove, então sempre tem um limo nas pedras, etc. Este trecho embora seja fácil, requer muita atenção e em alguns casos vale a pena até o guia subir na frente e fixar uma corda (como nós da Kmon fazemos) apenas para ajudar no apoio e equilíbrio.

Dicas de Segurança 1

Uma boa dica de segurança para subir o Escalavrado é colocar uma cadeirinha com um mosquetão de rosca ou trava automática em cada participante já no início, antes de entrar na trilha, pois se em algum trecho algum participante ficar com medo, sem jeito ou algo parecido, basta o guia em cima mandar uma corda com uma “aselha de 8 duplo” (nós mais seguro da escalada) para engatar no mosquetão preso a cadeirinha e mantê-lo sempre preso a um freio com trava automática, como o freio Gri-gri ou reservo, por exemplo, dessa maneira o problema é resolvido rapidamente e com total segurança!

Obs: Este é o Padrão de guiamento da Kmon Adventure!

@KmonAdventure

Segundo trecho

(Trilha do Escalavrado – Lances de Trepa-Pedra)

Segue por uma trilha sempre íngreme e passando por lances que são necessários o uso das mãos, como um “trepa-mato”, “trepa-pedra” e “trepa-arvore” no qual esses obstáculos naturais fazem da trilha algo muito divertido e de superação!

É comum nesses trechos, principalmente se estiverem molhados, nós da Kmon Adventure subirmos antes e fixarmos cordas para ajudar a facilitar no equilíbrio e também a poupar força e energia, que a montanha é grande e íngreme.

Terceiro trecho

(Trilha do Escalavrado – Lance de Corda)

Este terceiro trecho é bem delicado! Se estiver seco não é difícil, mas requer muita atenção pois uma queda nesta parte pode gerar um tombo em uma rampa de até 40 metros de altura.

A rocha faz uma espécia de canaleta natural com alguns veios de cristais onde os participantes sobem pisando e se apoiando. Quando está molhado, o que é muito comum, com certeza se torna bem mais delicado e perigoso. Por isso nós sempre aconselhamos no mínimo se fixar uma corda e fazer um “corrimão” para ajudar no equilíbrio e mesmo assim é necessário ter muita atenção. Não é um momento de “brincadeirinhas”.

@KmonAdventure

Dicas de Segurança 2

Uma boa dica de segurança para passar por este trecho é fixar uma corda bem esticada de ponta a ponta e colocar uma fita com o mosquetão saindo da cadeirinha de cada participante nesta corda, porque assim, mesmo que alguém se incline para trás, que é o maior perigo,  não haverá problema, pois estará presa a corda / corrimão todo o tempo. 

Se a rampa estiver molhada e escorregaria, pode e deve-se adicionar também um cordelete com um nó auto blocante como o prussick, autoblok ou outro similar.

Com o cordelete a pessoa nem tomba para trás e nem escorrega para o lado de onde veio. Desta forma a ela fica fixa o tempo para seguir, tendo apenas que arrastar o cordelete com o nó autoblocante para cima/lado. Se a pessoa escorregar e se soltar, o cordelete estiva e o nós se trava automaticamente, como deve ser e fica paradinha no lugar com total segurança até continuar novamente.


Na foto ao lado destacamos de circulo azul a fita presa a cadeirinha com o nó Boca de Lobo e com o círculo vermelho o mosquetão de rosca preso e correndo na corda, para que ela possa subir e o mosquetão correr ao mesmo tempo dando toda segurança e facilitando a subida ao mesmo tempo.

Técnica simples, fácil e segura, mas, para quem é instrutor de escalada. Guias normais que não são instrutores de escalada normalmente não sabem dar os nós e montar todo o sistema.

Obs: Este é o Padrão de guiamento da Kmon Adventure!

@KmonAdventure

Terceiro trecho

(Trilha do Escalavrado – Primeiro Mirante)

Após o lance de “corrimão de corda” a trilha segue íngreme e tendo que usar as mãos em alguns trecho, mas com uma rápida parada para um belo mirante, que é onde começamos a entrar no dorso da montanha.

Deste trecho em diante se tem uma visibilidade sensacional, sempre de frente para o Dedo de Deus bem pertinho, a estrada láaaaaa em baixo (Rio x Teresópolis), a cidade de Teresópolis e também do lado direito o Rio de Janeiro.

A partir deste trecho toda a trilha é um enorme mirante, favorecendo fotos e vídeos incríveis todo o tempo!

@KmonAdventure

Quarto trecho

(Trilha do Escalavrado – Lances de Corda)

O “quarto” trecho na verdade é uma sequência de diversos trechos mixtos de trilha íngreme, com rampa de pedra, trepa-pedra e trepa-mato.

Nesses diversos trechos é necessário usar as mãos e alguns deles são escorregadios e com lances expostos. Para facilitar e dar mais segurança para os participantes é necessário colocar cordas fixas em prendendo-a em árvores, grampos e bico e pedra.

É necessário ter paciência e muita atenção nesses trechos, pois é normal já começar o cansaço e também a exposição do sol, que normalmente suga muita energia e aumenta o cansaço.

@KmonAdventure
@KmonAdventure

Quinto trecho

(Trilha do Escalavrado – Rampa de Pedra)

O quinto trecho são as rampas de pedra, onde é necessário sempre caminhar o mais em pé que puder. Extintivamente as pessoas tendem a projetar o corpo para frente, só que quanto mais se faz isso, mais se escorrega. Por isso é importante que o guia seja também instrutor de escalada, pois só os escaladores conhecem as técnicas de aderência, caminhar ou escalar em rampas e rochas lisas.

Todo este trecho é sensacional para dar uma paradinha e se apreciar a paisagem, pois possibilita uma visão espetacular de quase 360º.

@KmonAdventure
@KmonAdventure
@KmonAdventure

Sexto trecho

(Trilha do Escalavrado – Primeira Aresta)

O sexto trecho é a primeira aresta. Ao todo existem duas.

Essa primeira aresta é uma parte muito delicada e perigosa da trilha, pois é a aresta mais estreita com apenas 2 metros de largura e precipício em ambos os lados. Quando a aresta está sequinha é mais fácil de passar, mas quando ela está úmida é bem delicada e escorregadia, até mesmo para o guia subir com sapatilha de escalada para prender a corda.

É fundamental ter uma corda fixa para que os participantes mantenham total equilíbrio e subam em pé corretamente. De preferência presos a ela.

@KmonAdventure

Dicas de Segurança 3

As duas arestas do Escalavrado são as partes que mais requer atenção.

A melhor técnica para se manter toda segurança e ao mesmo tempo facilitar para os participantes é fixar a corda nas duas pontas, em cima e em baixo e além disso prendê-la nos grampos que se encontram no meio utilizando o nó fiel em mosquetões de roscas.

Quando os participantes forem subir, eles irão se prender a corda com uma fita e mosquetão de rosca. Igual no início, onde coloca fazendo um corrimão. 

É fundamental ter esta proteção para que não se escorregue para os lados. 

Se a aresta tiver mais escorregadia que o normal, deve-se colocar o cordelete com o nó autoblocante direto na corda para proteger não só para os lados, mais para baixo também.

OBS: Este é o Padrão de guiamento da Kmon Adventure!

Sétimo trecho

(Trilha do Escalavrado – Segunda Aresta)

Sétimo trecho é a outra aresta que existe no Escalavrado,  na verdade ela se encontra logo em seguida da primeira. Apenas uns 50 metros de distância.

Todo o procedimento para subi-la é similar como foi na primeira aresta, a diferença é que esta é mais comprida e larga, o que na verdade da um certo conforto psicológico, pois ela possui uns 5 metros de largura para se caminhar confortavelmente, principalmente com cordas fixas igual foi na segunda.

Quem souber bater algumas fotos de ângulos estratégicos, principalmente com a GoPro, da para ter uns efeitos como se a aresta fosse absurdamente alta, íngreme e exposta.

Abaixo as fotos são do mesmo lugar, reparem como são diferentes umas das outras.

@KmonAdventure
@KmonAdventure

Equipamentos de Segurança

(Tudo para manter total segurança)

Equipamentos de Segurança

(Tudo para manter total segurança)

@kmonadventure
@kmonadventure
@kmonadventure
@kmonadventure

DEPOIMENTOS DE PARTICIPANTES

(Veja quem já teve essa experiência)

8 respostas
  1. Marcio
    Marcio says:

    Uma trilha que exige bastante esforço e experiência dos Guias. A Kmon Adventure está de parabéns pelo profissionalismo e segurança com que conduziram a escalada até o cume. Nos passou a todo momento a certeza do que é contar com guiamento seguro, além da alegria de estar ali. Recomendo com empenho!

    Responder
  2. Alexandre
    Alexandre says:

    Hoje 23/04/2019 Tive o prazer de conhecer o cume do Escalavrado, tenho 43 anos e conheci nessa aventura mais 5 pessoas que optaram pela Kmon. Umas já eram até conhecidas do guia Magrão e Emilson por terem feito outras aventuras antes e por reconhecer a excelência do trabalho. Éramos 6 e 2 guias atento a tudo o tempo todo. Todos nós tivemos que usar o que eles chamam de ” cadeirinha” um equipamento de escalada. E isso só aumenta a segurança no passeio. Os trechos que eles consideram que pode oferecer algum risco é posto cordas e somos orientados pela melhor forma de subir. Passa uma segurança tremenda. Tinha um rapaz um pouco mais inseguro e havia até um tratamento mais cauteloso porque às vezes o que nos trava é muito mais o psicológico, mas o cara superou e mandou bem. Pensando nisso, mesmo em áreas não complexas, eles botavam cordas para passar uma segurança maior. Com isso todos chegaram ao cume. É uma trilha pesada, uma escalaminhada na verdade e NÃO INDICO DE JEITO NEHUM fazer com qualquer pessoa. O risco é real e pode ser fatal. Quem se arrisca passa sufoco e pude ver isso no dia de hoje. Pessoas que subiram sem o mínimo de estrutura e o mais importante, zero conhecimento de escalada com supostos guias. Deus queira que eles tenham conseguido descer e chegar bem. Nosso grupo na descida pegou chuva forte na montanha e por estarmos bem amparados de profissionais e equipamentos, chegamos todos bem em casa. Então pessoal não dêem mole, vale cada centavo o investimento.

    Responder
  3. Rosilaine Monteiro
    Rosilaine Monteiro says:

    Galera o dia foi maravilhoso, adorei trilhar com vcs!
    Magrão e Emilson vcs foram essenciais em tds os sentidos. Principalmente na segurança de tds, que fez com q nossa trilha tenha sido muuuiiito foodaaa! 🔝🔝🔝🔝🔝🔝
    Obrigada a todos, principalmente a Kmon e aos nossos guias nota 💯que fizeram da nossa trilha, um evento inesquecível!

    Responder
  4. Maria Zélia
    Maria Zélia says:

    Ter ido ao escalavrado pela 1° vez e espero ir de novo, foi uma das experiência e emoção mais linda que já tive é imensurável, feliz DEMAIS em poder contar com a segurança confiança e ATENÇÃO a todo momento que da kamon muitíssimo o obrigada,
    Kamon,eu confio eu acredito eu indico.

    Responder
  5. Márcia
    Márcia says:

    Fui convidada por um amigo (Robson), e amei. Uma aventura inesquecível e maravilhosa!!! Magrão e Emilson estão de parabéns, passaram confiança e segurança para todos nós.
    Parabéns Kmon vocês são D+!!!!
    Obrigada

    Responder
  6. Silvio italo
    Silvio italo says:

    Sem querer desmerecer outros profissionais, mas durante a trilha deparamos sempre com outros grupos durante o percurso, e é inevitável não perceber como a Kamon se preocupa com a segurança, com montagem de todos equipamentos necessários para a segurança dos usuários, bem diferente do que vimos pelo caminho. Parabéns Magrão e equipe. Kamonnnnn!!!!

    Responder
  7. HEROS FARIA DA COSTA
    HEROS FARIA DA COSTA says:

    Participei da trilha ao cume do Escalavrado situado no PARNASO em Teresópolis no dia 21 de julho com a KmonAdventure. Profissionais capacitados e qualificados para a finalização do passeio em segurança. Tudo feito como estava previsto no cronograma. Em todos os trechos que haviam necessidade ou mínima dificuldade de algum integrante do grupo, foi feito o uso de equipamentos com rigor. E que venham outras aventuras!!!!!

    Responder

Deixe uma resposta

Want to join the discussion?
Feel free to contribute!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *